21 de jun de 2011

Fino Coletivo - Fino Coletivo - 2007

O Fino Coletivo é a prova que nosso país tem uma oferta enorme de bons músicos de norte a sul. O que falta é dar-lhes oportunidades de se encontrarem e, juntos, desenvolverem e aprimorarem seus trabalhos.

A banda, formada por músicos talentosos alagoanos e cariocas foi fundada em 2005 após alguns encontros casuais, corriqueiro entre jovens músicos para tocar junto e beber. Neste álbum, o grupo faz um som cheio de energia, para cima, e uma de suas características mais marcantes é o groove bom e pulsante percebido em quase todas as canções. Há uma grande mistura de sons eletrônicos com os outros instrumentos da banda, uma característica essencial que está no DNA da banda – o que veio a se comprovar no segundo álbum da banda, Copacabana, de 2009.

Dá-se o play no CD Fino Coletivo, de 2007, e logo começa “Boa Hora”, um sambinha transbordando swing com riffs de guitarra muito bem encaixados e distribuídos pela música. O baixo é sempre uma presença marcante nas canções ditando o ritmo groove que ouvimos ao longo do disco.

Em seguida temos, em minha opinião, a melhor música do CD. “Tarja Preta” é uma canção que reúne elementos de samba e funk com um gingado danado. É a melhor música do disco e pronto. (Veja o vídeo abaixo)

Eu poderia passar mais alguns minutos descrevendo todas as músicas aqui com o maior prazer, mas acho que isto deixaria o texto longo demais. Então, vou fazer um comentário geral e citar as outras que mais merecem atenção. São elas: Partiu Partindo, Uirapuru, Mão de Luva (samba de primeira!), Uma Raiz, Uma Flor (bumbo e guitarra se complementam por 30s até que começa uma canção cheia de swing com uma letra charmosa, instigante e defendendo novos pontos de vistas interessantes.)

Eu sei que eles já tem um disco mais novo, que também é muito bom, mas isto não diminiu de maneira alguma a qualidade deste trabalho. Pelo contrário, este trabalho é o início da caminhada do grupo e já indicava o sucesso que o aguardava. Vale a pena conferir.

Obrigado, galera do Fino Coletivo, pela autorização da publicação do disco aqui.

Pra quem quiser, então, tá aí!



Contato: Site
               MySpace
               Facebook
               Twitter

Nenhum comentário: